Ame oferece curso gratuito e online de programação para mulheres

 





A Ame, fintech da Americanas S.A., está com vagas abertas para um curso gratuito e online para mulheres desenvolvedoras de software, com foco na arquitetura de microsserviços.


Intitulado de “Construindo aplicações em Microsserviços”, o curso é voltado para mulheres e reforça o compromisso da Ame com a equidade de gênero na tecnologia.


A iniciativa contribui para a formação de novos e qualificados talentos femininos nesta área e para o atingimento da meta da Americanas S.A. de formar, até 2023, cinco mil mulheres em funções ligadas à tecnologia.


As inscrições vão até 15 de agosto pelo site da Ame


Como vai funcionar


O curso é voltado para profissionais que buscam aprimorar seus conhecimentos em tecnologia. As aulas online serão ministradas por especialistas de mercado durante três sábados de setembro a outubro (17, 24 e 8), das 8h às 18h.


São quatro módulos que incluem temas como a introdução a Microsserviços com conceitos RESTful, sua aplicação nas linguagens Java 17 e NodeJS e a evolução do backend para o Devops. Todas as alunas da capacitação terão acompanhamento de instrutores e monitores do time de tecnologia da Ame.


Para concorrer às vagas, é necessário ter conhecimento básico de programação em Java, estar cursando o último ano da universidade em qualquer curso de graduação ou já ter concluído a formação.


O processo seletivo terá testes de agilidade de aprendizado, por meio da plataforma Mindsight, e um teste técnico sobre Java. Na etapa final do curso, as alunas vão realizar um projeto para recebimento de certificado de conclusão.


O curso “Construindo aplicações em Microsserviços” é uma das iniciativas do Ame Fast Forward, programa da Ame para capacitação de pessoas desenvolvedoras, com cursos ministrados por especialistas de mercado e foco em estimular a empregabilidade e qualificar a mão de obra no setor.


Com temas que vão desde desenvolvimento Java a Data Science, o Ame Fast Forward tem como propósito compartilhar informação para ajudar no desenvolvimento técnico dos profissionais que desejam se especializar cada vez mais.


Em linha com o pilar social da sua estratégia ESG e com a Agenda 2030 da ONU, a Americanas S.A., companhia da qual a Ame faz parte, tem a meta de formar cinco mil mulheres em funções ligadas à tecnologia até 2023, Fora isso, a companha quer ter 50% de mulheres em cargos de liderança na área até 2030.



Com Informações do Site:  exame

propaganda